Qual a diferença entre simpatia e empatia?

20/03/2021

By Luzimara Fernandes 19 De Março De 2021 No Comment

(Foto: Ben White/Unsplash)

Simpatia e empatia são duas palavras constantemente utilizadas quando queremos descrever os nossos sentimentos perante outras pessoas, mas podem ser termos que causam certa confusão. Aliás, quando você está sendo somente simpático e em que hora suas emoções começam a ser empáticas?
A resposta é mais simples do que parece. Se o gato de algum conhecido morre, por exemplo, é bem possível que você se sinta simpático aos seus sentimentos. Entretanto, caso você também tenha perdido seu pet recentemente, as suas emoções talvez sejam melhor descritas como empáticas. Entenda só!

Simpatia no dicionário

De maneira geral, a simpatia frequentemente está relacionada aos sentimentos de pena e similares que são gerados quando alguma pessoa sofre algo desagradável. A empatia, por outro lado, está mais ligada ao fato de se colocar no lugar dessa outra pessoa e sentir as dores dela como se fossem suas.
Porém, essas são definições que só começaram a ficar explicitas recentemente. Segundo os dicionários de língua portuguesa, a palavra simpatia pode ser utilizada para descrever o sentimento de solidariedade e de boa disposição para com outras pessoas ou causas. Também pode estar relacionada a ideia de apreço ou admiração.
Apesar de o termo “simpatia” não necessariamente estar ligado aos seres humanos, normalmente era utilizado para isso. Escritores sempre utilizaram-na em conjunto com amor, desgraça e tristeza. Não à toa, a palavra esteve ligada ao mesmo significado de empatia por muito tempo.

(Foto: Pixabay)

Significado de empatia

Surgindo um pouco depois do conceito de simpatia, a palavra empatia foi originária do termo alemão Einfûhlung, criada pelo filósofo Robert Vischer em 1870 para explicar sua teoria de como os seres humanos absorvem prazer da arte e também da natureza. Desde então, seu conceito foi adaptado para outras línguas, como o português.
Em sua essência, o termo mostra que nós, de maneira involuntária, reagimos a algo inanimado injetando nossos sentimentos sobre ele. Posteriormente, a palavra empatia começou a ser representada no português para mostrar como os humanos refletem seus sentimentos uns nos outros e o desenvolvimento das relações interpessoais.

Entre os acadêmicos pensadores da área etimológica, entretanto, ainda não existe um consenso para dizer qual a real diferença de significado entre as palavras simpatia e empatia. Portanto, se você ainda não sabe se encaixar como uma pessoa empática ou simpática, sinta-se livre para utilizá-las como quiser e desfrutar dos seus mais puros sentimentos humanos.

Capacitação para os jovens

04/12/2020

Capacitação para os jovens

By Haroldo Cordeiro 3 De Dezembro De 2020 No Comment
(Foto: Reprodução internet)

Segundo a vereadora Sônia Steins (Patriotas-Fundão/ES), Fundão é um município com vários problemas na saúde, na educação e meio ambiente, mas a próxima legislatura precisará dar um foco maior para nossos jovens, buscando alternativas para colocá-los no mercado de trabalho. “A capacitação é essencial nesse processo além, é claro, de despertar, com incentivos fiscais, mais atrativos, o interesse das empresas de fora a se instalarem no município e inventar mecanismos de apoio aos pequenos empreendedores fundãoense”, frisa a vereadora.

www.jornalfatosenoticias.com.br

Professores da Rede Estadual são finalistas do Prêmio Shell de Educaçã

04/12/2020

EDUCAÇÃO

Professores da Rede Estadual são finalistas do Prêmio Shell de Educação Científica 2020

By Luzimara Fernandes 3 De Dezembro De 2020 No Comment
(Foto: ©Divulgação/Shell)

Professores da Rede Estadual de Educação são finalistas do Prêmio Shell de Educação Científica 2020, que busca incentivar e valorizar docentes das áreas de ciências e matemática no Rio de Janeiro e Espírito Santo, premiando projetos de educação inovadores que, por meio de metodologias diferenciadas, promovem novas formas de ensinar e de aprender.

Conheça os finalistas
Categoria Ensino Médio:
Fagner de Souza Leite, da Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Professor Joaquim Fonseca, de Conceição da Barra; Idolindo Gabrecht, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Alto Jatibocas, de Itarana; Karoliny Mendes da Costa, do Centro Estadual de Ensino Fundamental e Médio em Tempo Integral (CEEFMTI) Assisolina Assis Andrade, de Vila Velha; Rodrigo Da Vitória Gomes, da EEEFM Professor Manoel Abreu, de Linhares.
Ensino Fundamental: Alyson Torres de Barros, da EEEFM Misael Pinto Netto, de Aracruz; Cristiane Teixeira Cordeiro Fonseca, da EEEFM Arlindo Ferreira Lopes, da Serra.
Categoria Especial: Cecília Freitas Martins, da EEEM Colégio Estadual do Espírito Santo, de Vitória; Wanderson Pinto Moreira, da EEEFM Belmiro Teixeira Pimenta, da Serra; Sávio da Silveira Januário, da EEEFM Cândida Póvoa.
Saiba mais em: https://psec.shell.com.br/inscricao/finalists-of-the-2020-edition.html

Fonte: Sedu

www.jornalfatosenoticias.com.br


2020 deve ser um dos três anos mais quentes da história

04/12/2020

MEIO AMBIENTE

2020 deve ser um dos três anos mais quentes da história

By Luzimara Fernandes 3 De Dezembro De 2020 No Comment
(Foto: ©Tiago Queiroz/Estadão)
Para ONU, mundo caminha para suicídio

Com o avanço do aquecimento global, o ano de 2020, que foi marcado por ondas de calor, secas, incêndios florestais e furacões, deve terminar como um dos três mais quentes do registro histórico. E a década de 2011 a 2020 como a mais quente desde que a temperatura começou a ser medida, no fim do século 19. É o que estima a Organização Meteorológica Mundial (OMM) com base na situação observada por pelo menos cinco bases de dados mundiais entre janeiro e outubro deste ano. Um relatório prévio do seu Estado do Clima Global em 2020 foi divulgado nesta quarta-feira (2).
“A temperatura média global em 2020 deve ficar cerca de 1,2°C acima do nível pré-industrial (1850-1900). Há pelo menos uma chance em cinco de exceder temporariamente 1,5°C até 2024”, afirmou o secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, em comunicado à imprensa. Conter o aquecimento do planeta em 1,5°C até o fim do século é o objetivo mais ousado do Acordo de Paris, estabelecido em 2015, mas parece estar cada vez mais longe de ser alcançado.
Mesmo com as medidas de lockdown adotadas em vários países por causa da pandemia de covid-19, que paralisaram atividades industriais, a concentração de gases de efeito estufa na atmosfera, que provocam o aquecimento do planeta, continuou subindo este ano, já havia informado no fim de novembro a OMM. No próximo dia 12, o Acordo de Paris completa cinco anos, mas os compromissos que quase 200 países do mundo fizeram para reduzir suas emissões não estão deixando o mundo no caminho de conter a elevação da temperatura. “Mais esforços são necessários”, frisou Taalas.
O secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou que a culpa pelo problema é das emissões causadas pelas atividades humanas e da falta de políticas para lidar com a questão. “Para colocar isso de modo simples, o planeta está quebrado. A humanidade está travando uma guerra com a natureza e isso é suicida”, disse em evento em Nova York, após o lançamento do relatório.
Taalas lembrou que o ano mais quente até então, o de 2016, coincidiu com a forte ocorrência do fenômeno El Niño, que aquece as águas do Pacífico e colabora com o aumento da temperatura do planeta. Mas, em 2020, está em vigor um fenômeno contrário, o La Niña, que tem um efeito de esfriamento — mesmo assim, a temperatura média da Terra subiu. “Não foi suficiente para colocar um freio no aquecimento deste ano. Este ano já mostrou recordes de calor comparáveis aos de 2016”, afirmou. O relatório final, com a temperatura média do ano, deve ser divulgado em março de 2021.
Diversas partes do planeta sofreram, em 2020, com ondas de calor extremo, com queimadas devastadoras na Austrália, na Sibéria, na costa oeste dos Estados Unidos e na América do Sul. Os incêndios no Pantanal neste ano, lembrados no relatório da OMM, foram recordes desde o início das medições, em 1998, pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), piorados em parte pela seca intensa e pelas altas temperaturas. A OMM cita que as perdas agrícolas estimadas com as queimadas foram de US$ 33 bilhões somente no Brasil. Cidades do Mato Grosso, do Mato Grosso do Sul e de São Paulo bateram recordes de temperatura neste ano. A capital paulista teve a segunda maior temperatura de sua história.
De acordo com o relatório, a temperatura do oceano está em níveis recordes e mais de 80% dos mares do planeta experimentaram uma onda de calor marinha em algum momento de 2020, impactando, de forma generalizada, os ecossistemas marinhos, que já sofrem com águas mais ácidas devido à absorção de dióxido de carbono (CO2). Esse aquecimento dos oceanos colaborou com a ocorrência de um número recorde de furacões no Atlântico.
Guterres disse que os desastres naturais relacionados à mudança climática já custaram ao mundo US$ 150 bilhões, e que a poluição do ar e da água mata 9 milhões de pessoas por ano. Ele pediu a líderes mundiais para alinharem as finanças globais em torno do Acordo de Paris, a fim de alcançar emissões líquidas zero e financiar esforços para se adaptar às mudanças climáticas.

Fonte: MSN Notícias

www.jornalfatosenoticias.com.br


Agência espacial alemã exibe incrível conceito de veículo modular

04/12/2020

TECNOLOGIA

Agência espacial alemã exibe incrível conceito de veículo modular

By Luzimara Fernandes 3 De Dezembro De 2020 No Comment
(Foto: Reprodução)

Que tal ter um veículo que se transforme em um ônibus espacial ou convencional, uma van de carga ou uma loja móvel quando você bem entender? Por enquanto, parece algo fora da realidade, mas é o que apresenta a proposta divulgada pela Agência Espacial Alemã, cujo protótipo modular futurista promete essas funcionalidades e ainda mais. Trata-se do U-shift, que permitiria a troca de estruturas semelhantes a cápsulas fixadas em sua parte superior, lembrando um caminhão em escala reduzida.
Projetado para se guiar sem o auxílio de qualquer motorista, o conceito, além de ser extremamente rebaixado, de acordo com a instituição, pode se tornar uma opção mais barata que as tradicionais, específicas para cada uso, pois dispensaria a construção de sistemas de transmissão exclusivos, o que o tornaria ideal para diversas aplicações. Suas capacidades também foram detalhadas.

Sistema de transmissão único seria compatível com cápsulas que alterariam sua estrutura (Foto: Reprodução)

Para todos os momentos

Se utilizado para o transporte de cargas, o U-shift teria espaço suficiente para quatro paletes ou oito armários com rodinhas. Agora, se o negócio fosse carregar passageiros, sete pessoas poderiam ser confortavelmente acomodadas em seu interior, que incluiria um assento extra dobrável.
Em seu conceito atual, o veículo ainda é controlado remotamente. O objetivo? Que ele se torne totalmente autônomo e faça entregas ou corridas para passageiros 24 horas por dia.

Transporte de passageiros seria uma de suas funcionalidades (Foto: Reprodução)

Entretanto, para que chegue a isso, a agência tem muito trabalho pela frente. Por enquanto, está focada em reforçar o sistema de transmissão do protótipo, instalar o hardware de rede e fazer outras melhorias, que contemplam, também, um novo sistema de bateria.
Como vários projetos, ainda não é possível saber se ele realmente verá a luz do dia, mas que a ideia impressiona, bem, isso não tem como negar.

Fonte: Megacurioso

www.jornalfatosenoticias.com.br


Ser ativo faz bem para a saúde física e mental do idoso, aponta estudo

26/10/2020

BEM-ESTAR

Ser ativo faz bem para a saúde física e mental do idoso, aponta estudo

By Luzimara Fernandes 23 De Outubro De 2020 No Comment
(Foto: iStock)

Não é fácil deixar o sedentarismo de lado e incluir a atividade física na rotina, principalmente para os idosos. Mas, de acordo com um estudo da American Cancer Society, pessoas na terceira idade que são mais ativas e passam menos tempo sentados possuem mais saúde, tanto física quanto mental.
O estudo, que foi publicado no jornal CANCER, aponta que aqueles que realizam atividade física regular de intensidade moderada são mais saudáveis e ser ativo também contribui para prevenir e combater o câncer.
Os pesquisadores avaliaram cerca de 78 mil pessoas com idade média de 78 anos e incluíram sobreviventes de câncer após 10 anos do diagnóstico e adultos sem histórico da doença. Eles chegaram à conclusão de que, independentemente do câncer, as diferenças na saúde física e mental entre os sedentários e os que eram ativos fisicamente foram significativas.
De acordo com Erika Rees-Punia, pesquisadora do estudo, “as descobertas reforçam a importância de se mexer mais e ficar menos tempo sentado para a saúde física e mental, não importando a sua idade ou histórico de câncer”. Para ela, uma simples caminhada ou outra atividade física de que a pessoa goste pode ser benéfica para a mente e o corpo.
Os estudiosos reforçam que essa descoberta é importante para melhorar a qualidade de vida de homens e mulheres idosos, com ou sem um diagnóstico de câncer.
A recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde) para adultos é realizar pelo menos 150 minutos de atividade física de intensidade moderada ou 75 minutos de intensidade elevada semanalmente.

Fonte: UOL

www.jornalfatosenoticias.com.br

Inscrições abertas para Desafio de Inovações em Turismo Sustentável

25/08/2020

TURISMO

Inscrições abertas para Desafio de Inovações em Turismo Sustentável

By Luzimara Fernandes 25 De Agosto De 2020 No Comment
Prazo vai até o próximo dia 31 — iniciativas vencedoras recebem prêmios de R$ 100 mil cada, além de de mentoria e aceleração em 2021

O projeto Trilhando a transformação: Desafio de Inovações em Turismo Sustentável ainda está com inscrições abertas. Interessados podem se candidatar neste link até o dia 31 de agosto para concorrerem aos três prêmios de R$ 100 mil cada, além de participarem de um processo de mentoria e aceleração em 2021.
O desafio está aberto a soluções inovadoras em todo o território nacional. As iniciativas devem ser pautadas em construir novos modelos de turismo estruturados nos quatro pilares da sustentabilidade: social, cultural, ambiental e econômico. As candidaturas devem estar relacionadas a, pelo menos, duas dessas dimensões.
O objetivo é apoiar o desenvolvimento de projetos de turismo que promovam o desenvolvimento local, gerem transformação social, fortaleçam as comunidades como protagonistas e se estruturem a partir da colaboração de diversos atores. Propostas que reforcem a diversidade de gênero e racial e sejam inclusivas e afirmativas serão especialmente valorizadas.
“É cada vez mais evidente a necessidade de que governos, comunidades e organizações mundiais atuem ao lado de empresas, cidadãos, consumidores e sociedade civil para alcançar objetivos de transformação dos modelos existentes, recuperação do setor nesse momento de crise e desenvolvimento das comunidades de forma mais sustentável. Queremos oferecer apoio para consolidar e acelerar esses processos”, conta Salete Hora, diretora de Marca, Comunicação e Sustentabilidade da CTG Brasil, responsável pelo projeto em parceria com a Ashoka Brasil.

  • (Fotos: Desafio de Inovações em Turismo Sustentável)
  • (Fotos: Desafio de Inovações em Turismo Sustentável)
CicloVivo

O assustador Megalodon, o maior tubarão que já nadou nos oceanos

20/08/2020

MEIO AMBIENTE

O assustador Megalodon, o maior tubarão que já nadou nos oceanos

By Luzimara Fernandes 18 De Agosto De 2020 No Comment
Ilustração (Foto: Divulgação)
Os gigantes das águas habitaram a Terra há milhões de anos e ainda deixam dúvidas

Uma das mais poderosas feras que já existiram na face da Terra não tem, sequer, sua aparência amplamente conhecida, mas somente as suas mandíbulas são motivos para instigar pesquisas. O megalodonte foi um parente do tubarão que pode ter atingido 18 metros de comprimento.
O monstro era de tamanha proporção que causou um grande impacto ecológico no ecossistema das comunidades marinhas de sua época, há meros 2,6 milhões de anos. As suas presas tinham que ser de tamanho suficiente para que pudessem alimentar os verdadeiros colossos que eram, portanto davam preferências a baleias, focas e tartarugas marinhas.

História e descoberta

No decorrer do Renascença, registros indicavam que fósseis triangulares gigantescos eram línguas petrificadas de monstros como dragões ou cobras gigantes. Isso durou até o século 17, quando o naturalista dinamarquês Nicolas Steno afirmou que se tratavam de dentes de tubarão, fazendo com que representasse pela primeira vez o animal.
O nome Megalodon foi utilizado primeiro por Louis Agassiz, um naturalista da Suíça, que por causa dos dentes tinha certeza de que se tratava de uma boca realmente poderosa.

Mandíbula

Curiosamente, grande parte dos restos de megalodontes diz respeito a mandíbulas e dentes da criatura. A primeira tentativa de reconstruir uma dessas arcadas dentárias teria sido feita em 1909, por Bashford Dean. O zoólogo americano fez a reconstrução de maneira pouco fidedigna aos ossos conhecidos hoje em dia, estimando que poderiam chegar a 30 metros de comprimento só levando em conta os dentes — sem provas atualmente.

Reconstrução de Bashford Dean em 1909 (Foto: Wikimedia Commons)

Dean, na verdade, superestimou o tamanho que as cartilagens desses tubarões teriam, tornando-as muito mais altas do que deveriam ter sido. Era por meio das mandíbulas que muitos pesquisadores tentavam imaginar o tamanho dessas criaturas em vida. Atualmente, as medidas se baseiam em análises modernas dos dentes.

Distribuição

Os megalodontes com certeza reinaram durante o tempo que estavam vivos. Além dos motivos óbvios, como a mordida com cerca de 250 dentes serrilhados, estava o fato de terem sido encontrados fósseis em diferentes lugares no mundo.
Na Europa, na África, nas Américas e na Austrália, pesquisadores foram capazes de localizar ossos desses animais, navegando em águas de regiões subtropicais, de temperatura entre 1 a 24 graus Celsius — relativamente baixas. Eles também habitaram tantas regiões de costa com baixa profundidade quanto ambientes profundos.

Réplica da boca do tubarão em museu nos EUA (Foto: Wikimedia Commons)

O que matou o gigante?

Embora ainda não exista uma resposta definitiva, a teoria mais aceita é que, por terem vivido durante um longo período, sofreram com as alterações do clima, especialmente com a glaciação dos polos. Essas mudanças não incomodaram propriamente os megalodontes, mas, sim, as presas.
Com o passar do tempo, existiam cada vez menos ofertas de alimentos para que os superpredadores pudesse se alimentar. Além disso, as alterações no ecossistema levaram a cada vez mais criaturas menores e mais ágeis, que conseguiam fugir das investidas dos megatubarões.

Fonte: Aventuras na História

www.jornalfatosenoticias.com.br


Brasil tem seis abortos por dia em meninas entre 10 e 14 anos estuprad

20/08/2020

VÍDEO

Brasil tem seis abortos por dia em meninas entre 10 e 14 anos estupradas

By Luzimara Fernandes 19 De Agosto De 2020 No Comment

Projeto Tamar abre loja virtual

20/08/2020

ECONOMIA

Projeto Tamar abre loja virtual

By Luzimara Fernandes 19 De Agosto De 2020 No Comment
(Foto: Divulgação/Tamar)
Com as lojas físicas fechadas, o Projeto Tamar abre loja virtual e a Confecção Pro Tamar passa a produzir máscaras e uniformes

O Projeto Tamar tinha como principal plataforma de negócios sustentáveis os centros de visitação e educação ambiental, que recebiam mais de 1,5 milhão de visitantes, e as lojas que funcionavam dentro desses espaços.
Por outro lado, as confecções do Tamar — projeto de inclusão socioprodutiva com o objetivo de geração de trabalho e renda — uma na pacata e tradicional Vila de Regência Augusta, Foz do Rio Doce/ES, e a outra em Pirambu/SE, que geravam 60 postos de trabalho, tiveram suas produções comprometidas, correndo o risco de fechar após 30 anos de atividades. Assim, também aconteceu com os grupos socioprodutivos de artesanatos que são fomentados e apoiados pelo Tamar nas comunidades litorâneas onde atua.
Com o fechamento dos centros de visitação e das lojas físicas, a alternativa foi abrir uma loja virtual: www.lojatamar.org,br; criada há três meses.
Outra alternativa encontrada pelo Projeto Tamar, para manter as confecções funcionando, foi passar a produzir máscaras para vender às empresas na região e buscar parceiros de negócios colaborativos para a confecção de roupas e acessórios, o que não está sendo fácil encontrar.
O Projeto Tamar vem desenvolvendo esses programas há 40 anos nas comunidades tradicionais, onde ocorrem a reprodução das tartarugas marinhas e em cidades maiores com grande fluxo turístico, gerando mais de mil postos de trabalho.
O Projeto Tamar está buscando parceiros para ajudar a divulgar sua loja virtual: www.lojatamar.org.br; os centros de visitação turística e sensibilização ambiental — que estão reabrindo com uma programação exclusiva — e a confecção que está buscando parcerias com marcas/grif de roupas e acessórios para se manterem.

  • (Fotos: Divulgação/Tamar)
  • (Fotos: Divulgação/Tamar)

(Fotos: Divulgação/Tamar)

Vista Essa Causa! Ajudem-nos a divulgar essa ideia.

Carlos SangaliaSetor de Educação Ambiental
e Inclusão Socioprodutiva — Regência
Fundação Pro Tamar
(27) 99826-1701

Tuta (gerente da loja virtual e confecções) 99981-0033
Denise (gerente do centro de visitantes de Vitória) 99948-5011

www.jornalfatosenoticias.com.br


Estupro de vulnerável; áudio

20/08/2020

COMPORTAMENTO

Estupro de vulnerável; áudio

By Ana Maria Iencarelli 19 De Agosto De 2020 No Comment

Faz-se necessário escutar o grito de uma criança. Situação emblemática de milhares de bebês, crianças e adolescentes, que trouxe à tona a pedofilia incestuosa acobertada. Sei que estou pisando num terreno de areia movediça, num terreno minado. Mas, mesmo assim, não vou me furtar ao desafio. Dogmas escurecem nossa capacidade de pensar e de sentir empatia. O que menos vimos foi a sensibilidade do se colocar no lugar daquela menina. Definitivamente, não temos respeito pela criança. As vozes vociferavam em alto volume o que deviam fazer com ela. Sem escutá-la ao cabo de quatro anos de estupros continuados, fazendo com que outros estupros continuassem. É a revitimização social e institucional que já se estabeleceu. Até o Direito ao Anonimato, garantido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente, foi violado. Além do inferno interno que sua mente vai arder, o inferno social promoverá a sensação de que não há mais lugar sossegado. Todos apontarão com a crítica afiada e devastadora.

escute o audio acesse o link

www.jornalfatosenoticias.com.br

Vitória libera funcionamento de feiras comunitárias e Programa Artes n

11/08/2020

ECONOMIA

Vitória libera funcionamento de feiras comunitárias e Programa Artes na Praça

By Luzimara Fernandes 10 De Agosto De 2020 No Comment
(Foto: Ascom PMV)
Feira de artesanato da Praça dos Namorados voltará a acontecer no próximo sábado (15)

A Prefeitura de Vitória publicou no Diário Oficial do Município (página 4) desta segunda-feira (10) o decreto que libera a realização das feiras comunitárias e do Programa Artes na Praça (feira da Praça dos Namorados).
O documento contempla um conjunto de normas de segurança sanitária e de distanciamento social enquanto perdurar a situação de emergência de saúde pública em razão da pandemia do novo coronavírus.
Entre as regras de funcionamento, estão o distanciamento de dois metros entre as barracas, uso obrigatório de máscaras entre expositores e clientes, disponibilização de álcool em gel 70%, além de instalação de barreiras de proteção do balcão e dos recipientes de alimentos, de modo a não deixá-los expostos.
O decreto estabelece, ainda, a proibição do consumo imediato no local e a comercialização de bebidas alcoólicas, com vistas a evitar a permanência e a aglomeração de pessoas nos locais.
Expositores com mais de 60 anos ou que se enquadrem nos grupos de risco de contágio do novo coronavírus, segundo orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), não poderão atuar.
O funcionamento das feiras seguirá cronograma previamente estabelecimento. Já a tradicional feira de artesanato e alimentos da Praça dos Namorados volta a funcionar no sábado (15), das 18 às 22 horas.

Feira de Artesanato Praça dos Namorados (Foto: André Sobral)

Regras

Segundo o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV), Renzo Nagem, a retomada das feiras comunitárias em Vitória se tornou possível após Vitória ser classificada como risco médio de transmissão e seguirá todas as regras de segurança sanitária para evitar o contágio da covid-19.
“Expositores com mais de 60 anos e do grupo de risco, bem como pessoas com quadro de síndrome gripal, deverão continuar afastados, mas poderão indicar outras pessoas para substituí-los em sua função. Além disso, os expositores não poderão disponibilizar bancos, mesas, cadeiras e nem disponibilizar alimentos para degustação”, destaca.

Fonte: PMV

www.jornalfatosenoticias.com.br


Aplicativos


 Locutor Ao vivo


AutoDJ

Gospel Mix

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Santana

corazon espinado

top2
2. Gabriela Rocha

Lugar Secreto

top3
3. Davi Sacer

Tua Graça me Basta

top4
4. Anderson Freire

Acalma o meu coração

top5
5. Aline Barros

Ressuscita-me


Anunciantes